Telefone: (49) 3621-1415 / contato@ceguarani.com.br

Nédio Borsatto, mais de uma década com a camisa bugrina

Um dos jogadores com passagem mais longeva vestindo a camisa do Guarani, entre os anos 60 e 70, foi o zagueiro Nédio Borsatto.  “Em 1960, servi o quartel em Palmas. Quando voltei pra São Miguel, os irmãos Baldissera me chamaram pra jogar no Guarani”. Entre os grandes jogos de sua carreira, participou da partida de inauguração do Estádio Padre Aurélio Canzi, em 1962. Ele trabalhou por anos nas empresas da Família Baldissera, dos irmãos Daniel e Deolino. Lembra com carinho dos colegas de futebol dos tempos de Guarani. O ex-Presidente do clube, Waldir Fedrizzi, até hoje chama Nédio de “Figueroa”.

Borsatto revela como lembrança que a concentração para os jogos mais importantes em casa era no Centro de Treinamento da Epagri de São Miguel do Oeste (Cetresmo), em Linha Cruzinhas, para onde os jogadores iam no sábado, véspera dos jogos de domingo. Veja no link no facebook oficial do Guarani (CLIQUE AQUI) mais fotos das recordações. Agradecemos o carinho e as lembranças de Nédio Borsatto, um dos grandes jogadores da história do Guarani. #GuaraniEmFrente!

Veja Todas

Destaque

História

O Clube Esportivo Guarani foi fundado em 07 de setembro de 1947, quando São Miguel do Oeste ainda chamava-se Vila Oeste, à época...

Leia Mais

Go to top of page