Telefone: (49) 3621-1415 / contato@ceguarani.com.br

Presença: Osni Leandro de Souza Filho, o Tião

Por toda Santa Catarina, ou até mesmo fora do estado, assim que se fala o nome do Guarani, a pergunta vem de imediato: “e o Tião”? Um dos jogadores mais identificados com a história do clube, Osni Leandro de Souza, o Tião, foi um dos destaques do time tanto no amador quanto na fase do profissionalismo, de 1974 a 77. Esta foto é do time do Guarani em jogo válido pela Taça Governador 1974 (Pré-Estadual), tendo em pé: Clari, Paulinho, Alfredo, Santana, Polaco Bregola e Gessi Cetolin; agachados Tião, Lobão, Tadeu, Feistauer e Ivanir Belló. Nascido em Palhoça a 12 de outubro de 1951, reside atualmente na Região Metropolitana de Curitiba. Sempre quando não conhece ou não lembra de algum nome, evoca o “Presença”, que marcou a todos que o conhecem.

Em relatos enviados, Tião dividiu algumas de suas recordações das épocas que vestia a camisa bugrina. Ouça todo o material CLICANDO AQUI. Entre outros assuntos, lembrou de um dos grandes nomes da história do Guarani, o técnico Alfeu Martha de Freitas, que foi jogador profissional de Grêmio, Inter, Seleção Brasileira e inclusive do San Lorenzo (ARG), em passagem que Tião recorda da final do Campeonato Argentino de 1963, onde Alfeu sagrou-se Campeão Nacional em cima do Boca Juniors, marcando um dos gols.

Tião marcou o primeiro gol do título do Guarani no Regional Grande Oeste 1973, na virada sobre o Sadia, em Concórdia, de letra (o outro gol foi de Amélio Guerreiro, o “Sapo”, atacante de Anchieta). Nesse jogo, o zagueiro Nédio levou uma pedrada na cabeça e, na raça, ficou em campo apesar do forte sangramento. Relata também sobre as dificuldades da época, com materiais precários, campos e bolas ruins. Cita alguns dos grandes atletas que jogavam também pelos adversários, como Balduíno, Volmir Massaroca, Zenon, Sérgio Lopes.

Atualmente, Tião segue trabalhando no meio do futebol, sendo um dos membros da Comissão Técnica do Seara Futebol Clube, que em parceria com a Caçadorense disputa o Campeonato Catarinense de Categorias de Base. No ano passado, o time ficou com o vice-campeonato do Catarinense Sub-17 da Série C, e nesse ano disputava o Catarinense Sub-20 da Série B, mas a competição foi paralisada devido à pandemia do Covid-19. Nossos mais profundos agradecimentos ao grande Tião, o “Presença”, pela sua história brilhante no Clube Esportivo Guarani. #GuaraniEmFrente!

Veja Todas

Destaque

História

O Clube Esportivo Guarani foi fundado em 07 de setembro de 1947, quando São Miguel do Oeste ainda chamava-se Vila Oeste, à época...

Leia Mais

Go to top of page